in

A importância da prática do silêncio neste momento de pandemia!

virus

A não ser que você tenha estado em coma ou fora o planeta Terra, deve ter visto que a OMS (Organização Mundial de Saúde), declarou pandemia do novo coronavírus (Covid-19) na última semana.

Além do vírus, existe a pandemia de informações – nem sempre corretas – e aproveitei minha visita ao Dr. Guilherme Takassi, Médico da Mente/Corpo, e bati um papo com ele sobre dicas de como podemos manter a mente calma num momento como esse.

Dr. Takassi destacou a importância de fazer o básico e o essencial: cuidar de si. Ter bons hábitos, antes de tudo, vai te ajudar muito nesse processo, e o mais importante é cuidar da mente. Ele fez uma analogia que vale a pena destacar: “nosso corpo funciona como uma orquestra musical. Temos o baço, o fígado e o pâncreas, tudo isso são ‘instrumentos’. Para você fazer um som bonito, gostoso e harmônico, os instrumentos têm que ser bons? Sem dúvida! Só que não adianta ter instrumentos bons se você não tem quem coordena, e no nosso caso, quem coordena tudo isso é a nossa mente”, diz ele.

Precisamos estar atentos quanto ao terror mundial que vem sendo instalado. Entendemos que não podemos deixar a ansiedade subir para não começarmos a sentir sintomas sem que haja de fato um caso clínico, pura e simplesmente por ansiedade.

A prática do silêncio

Naturalmente, o ser humano em questão de sociedade, precisa de contato com as pessoas. Nosso meio é interpessoal em que envolvem relacionamentos amorosos, familiares, de trabalho e amigos. Num momento em que tudo começa a andar na contramão todos se assustam. E o primeiro item para começar a lidar com isso é olhar para o seu próprio interior.

Aí entra o conjunto da prática do silêncio. Meditar, ficar com você mesmo, controlar seus pensamentos e desenvolver sua IMUNIDADE EMOCIONAL.
Agora meu recado: não levamos a sério ou não entendemos que quando nossa emoção se descontrola, nossa imunidade cai. Nosso corpo direciona a energia para a neurose e se desprotege. Tão importante quanto álcool em gel é não cair na armadilha do medo e desmontar suas defesas.⁣⁣

O momento é sério, mas não precisamos entrar em pânico. Redobrar medidas básicas de higiene, respeitar a quarentena em casa e cuidar os seus pensamentos.

Vamos manter o foco na meditação e no pensamento positivo, ok?

Assista a entrevista completa com o Dr. Guilherme Takassi 😉

View this post on Instagram

Trabalho com pessoas em todos os lugares do mundo e o CORONAVÍRUS é hoje, o tema principal. Eu cuido muito do que eu falo em público e principalmente do que eu penso, quando estou sozinho. É este o motivo de eu escrever tanto por aqui para desenvolver minha IMUNIDADE EMOCIONAL. ⁣⁣ ⁣⁣ Precisamos estar atentos quanto ao terror mundial que vem sendo instalado. Nesta conversa com o Doutor @gftakassi , entendemos que não podemos deixar a ansiedade subir para não começar a se sentir meio mole e começar a tossir, pura e simplesmente por osmose e não como sintoma. ⁣⁣ ⁣⁣ É IMPORTANTE DIZER QUE Sarampo, dengue e até gripes como H1N1 e Zika têm taxas de mortes maiores e assim, devemos estar sempre atentos e com vacinas em dia. ⁣⁣ ⁣⁣ O Dr. Jordan Campos diz que: “ Quando temos um conflito que não conseguimos resolver a adrenalina disparada fica retida e começamos a entrar em um estado de distúrbios dos sentidos. Quem tem um pé na ansiedade pode ter reações agudas como pânico, fobia social e TOC. “⁣⁣ ⁣⁣ Os sintomas desta hipervigilância neurótica são: alterações de humor, dores e coceiras somáticas, complicações gastrointestinais e de pele, alta reatividade, impaciência, sono superficial, irritação a sons e ruídos, luz e a cheiros. E O MAIOR PROBLEMA: QUEDA DE IMUNIDADE. ⁣⁣ ⁣⁣ A vacina do coronavírus vai chegar, mas os danos emocionais podem demorar muito e gerar sequelas emocionais perenes. E com ansiedade em alta até a bactéria “boa” de seu intestino vira sua inimiga. ⁣⁣ ⁣⁣ Nunca esqueça: a melhor forma de conseguir controle de pessoas é pelo medo. A melhor forma de inserir crenças hipnóticas é em situações de medo e paralisia. Existem e estamos expostos a doenças muito mais graves, com taxas muito maiores de mortalidade e que pela falta do terror nem “ligamos”. ⁣⁣ ⁣⁣ Agora meu recado: não levamos a sério ou não entendemos que quando nossa emoção se descontrola nossa imunidade cai. Nosso corpo direciona a energia para a neurose e se desprotege. Mais importante do que álcool em gel é não cair na armadilha do medo e desmontar suas defesas.⁣⁣ ⁣⁣ Vamos manter o foco na meditação e no pensamento positivo, ok? ⁣⁣ ⁣⁣

A post shared by Mack | Aceleração de #Negócios (@mackeenzy) on

Written by Edson Mackeenzy

Mack é um elo entre as Startups e o mercado, por este motivo sempre é reconhecido como um dos empreendedores mais influentes do Brasil. Já participou de centenas de conferências de comunicação, relacionamento, empreendedorismo, tecnologia e negócios em todo o mundo.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments